Método 3a Médico: Marketing Médico em Florianópolis

logo horizontal metodo 3a medico marketing médico
Entenda como fazer uma gestão de crise!

Gestão de crise: como o marketing médico pode te ajudar?

Toda empresa, independentemente do segmento ou ramo, pode enfrentar situações difíceis em algum momento e ser necessário aplicar a gestão de crise. Um processo essencial para evitar consequências mais graves e impactos negativos.

Na área médica, dependendo das ocorrências e episódios, a marca pode ter sua confiabilidade afetada, por isso a importância do marketing médico. As estratégias podem ser usadas para minimizar os efeitos ou recuperar a reputação junto ao público, de modo geral.

Mas, afinal, o que é a gestão de crise? Neste post você vai entender o conceito e suas vantagens de aplicação, além dicas para fazer um gerenciamento eficaz e preservar a imagem da clínica!

O que é gestão de crise?

Passo a passo para uma boa gestão de crise.

É um conjunto de práticas e estratégias usadas em um cenário de adversidades, muitas vezes inesperadas, que acomete as empresas. No gerenciamento de crise, o gestor consegue lidar com a situação e visualizar soluções com maior clareza e agilidade. 

O objetivo é conter os impactos e escapar de um desdobramento mais crítico, que comprometa o negócio e coloque em risco sua permanência no mercado. As iniciativas visam sanar as ocorrências internas, como gerenciar o relacionamento com pessoas envolvidas – clientes, fornecedores e colaboradores.

Quais as vantagens do gerenciamento de crise no marketing médico?

Uma crise pode ter origem em eventos internos ou externos, chegar de surpresa e surpreender a todos. O que acontece fora, como oscilações do mercado ou investidas da concorrência pode ser mais difícil de detectar rapidamente. 

Já internamente, na área da saúde, um erro médico pode ser fatal e não só atrelado ao trabalho dos especialistas e técnicos. Dados de pacientes vazados, resultados de exames trocados ou atendimento deficiente, pode desencadear crises e conflitos.

 Aliar a gestão de crise com as ações de marketing pode reduzir as divulgações e repercussões negativas. Os benefícios dessa ligação, são significativos:

Mais agilidade para a tomada de decisões

Diante de uma iminente crise, ser ágil ao tomar decisões é imprescindível, sobretudo, se houver a possibilidade de controlar os danos. 

A gestão de crise se antecipa para proteger a clínica dos possíveis estragos e preservar sua imagem. Os próximos passos são determinantes para que o marketing consiga agir em tempo hábil e lançar mão de um plano estratégico de defesa.

Mais solidez para a marca pessoal

Enquanto a gestão se ocupa de encontrar um caminho para tirar a clínica da situação de crise, o marketing pode estabelecer uma comunicação transparente para dissociar o problema enfrentado, da reputação dos serviços prestados e especialistas responsáveis, junto ao público.

Redução dos impactos da crise

Uma mensagem clara e honesta, que não nega os fatos, mas evidencia as providências tomadas, tende a reduzir os impactos da crise. Nesse contexto, podem ser usadas estratégias de influência, que mostram que, apesar da circunstância atual, a clínica permanece confiável.

Principais tipos de crise que podem atingir clínicas

As crises podem estar associadas às atividades da empresa ou completamente distintas dos processos internos. Os conflitos nascem de diferentes fontes e é preciso saber de onde vêm para se prevenir e tentar evitar as consequências.

Crises financeiras

Esse é um dos tipos mais comuns de crise e está ligado às falhas do planejamento financeiro e orçamentário. No entanto, é possível também resultar de situações globais como problemas em outras economias, epidemias e pandemias, perda de capitais, desvalorização de moedas.

Crises estruturais

As falhas na estrutura com atividades de risco que ameaçam a segurança do trabalho deságuam em outro tipo de crise que pode dar muita dor de cabeça à gestão. Em clínicas que realizam procedimentos com objetos perfurantes, por exemplo, é fundamental adotar cuidados para evitar contaminações, o que pode gerar processos judiciais e trabalhistas, com prejuízo financeiro por pagamento de indenizações e multas.

Crises de reputação

Boatos, sabotagens, difamações e má conduta empresarial são alguns motivos para desencadeamento de uma crise de reputação. Esse é o tipo de crise que mais requer a atuação do marketing médico para prestar esclarecimentos ao mercado e sociedade e não deixar que a imagem da clínica seja atingida, especialmente se não houver fundamento nos apontamentos.

Como fazer gestão de crise em sua empresa?

A gestão de crise serve para tratar o problema desde a raiz, encontrar as melhores soluções e cuidar para a não recorrência. É ideal instaurar um plano de gestão de crise e alinhar com as ações de marketing, com base em alguns aspectos!

Entenda como a sua marca/clínica é vista no mercado

O primeiro passo quando se detecta que algo está errado e que existe a iminência de crise é saber qual é a imagem transmitida pela marca no mercado. Pode ser que os conflitos internos não sejam fortes o suficiente ou que o marketing tenha que usar estratégia de posicionamento para preservar a reputação, enquanto as questões são tratadas internamente.

Compreenda quais são os principais riscos

Antes de implementar a gestão de crise, saiba quais são os reais riscos que sua clínica corre, listando os problemas existentes e os que podem ocorrer de médio a longo prazo. Assim, será mais fácil adotar medidas eficazes e se prevenir quanto aos possíveis riscos, evitando que se transformem em um problema efetivo.

Estruture o seu plano de gestão

Diante de uma crise, quais serão as ações adotadas, como serão implementadas e responsáveis por cada atividade? O plano de ação permite estruturar as iniciativas de prevenção e contenção, para que todos saibam o que fazer caso uma crise abale o negócio de forma inesperada e grave.

Mantenha a transparência

Ser transparente e objetivo, esse é um dos pontos mais importantes na gestão de crise, para mostrar tanto ao mercado e sociedade quanto aos colaboradores que existe a ciência do problema e que medidas estão sendo tomadas.

Com a ajuda do marketing, é possível contornar a situação, mantendo uma comunicação clara com aqueles que se relacionam com a marca, nos canais de contato e redes sociais da clínica — a verdade é sempre o melhor caminho, mesmo que por um tempo, a imagem seja afetada.

Mantenha a consistência das ações

A gestão de crise é feita antes, durante e depois, em um processo sistemático e consistente de ações para prevenir, tratar e evitar a reincidência. Tanto a cultura organizacional quanto a imagem de uma empresa são construídas com o tempo, mas precisam apenas de alguns minutos para serem abaladas.

O plano de gerenciamento vai levantar os pontos fortes e fracos, as oportunidades e ameaças que levam à revisão de processos e detecção de correções, ajustes e melhorias para deixar os erros no passado e caminhar por um futuro mais estável e fora de perigo.

Amplifique o seu marketing com o Método 3a

O que uma agência especializada em marketing médico pode fazer pela sua clínica nos momentos de crise? A área da saúde é, naturalmente, crítica, devido às questões éticas da medicina, à confidencialidade das informações e riscos de erros médicos.

A construção da imagem de uma clínica no mercado leva tempo e demanda um trabalho consistente de marketing para associar o nome da marca à qualidade e segurança dos serviços prestados.

O trabalho da Método 3a consiste em dar todo o suporte necessário na divulgação da clínica, de modo transparente e objetivo. Nossos especialistas são capacitados para usar métodos, ferramentas, aplicações e estratégias personalizadas, de acordo com os propósitos de cada negócio.

Qualquer empresa está passível de sofrer com uma crise em sua trajetória e ter a imagem comprometida. A diferença está em alinhar as ações de marketing com a gestão de crise para garantir que a clínica saia fortalecida dos problemas e com um voto de confiança das pessoas envolvidas e do mercado. Para entender melhor como funciona o marketing médico e como podemos ajudar a superar os desafios do dia a dia, entre em contato com a gente para conhecer o trabalho desenvolvido na nossa agência!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Entenda melhor o que é o marketing de influência!
Previous Story

Marketing de influência: o que é e como utilizá-lo?

Conheça os principais tipos de marketing!
Next Story

Tipos de marketing: impulsione a sua clínica com o Método 3a

Latest from Marketing Médico

Go toTop